Hospital divulga atualização oficial sobre a condição de T.O.P


Os médicos do Ewha Womans University Hospital em Mokdong, Seul, deram uma atualização oficial sobre a condição de T.O.P em uma conferência de imprensa em 07 de junho.

Como houve relatórios contraditórios sobre o  estado do membro do BIGBANG, os funcionários do hospital se reuniram para esclarecer qualquer desinformação. Embora a polícia militar anteriormente tenha declarado que T.O.P não estava inconsciente, sua mãe afirmou que ele estava realmente desacordado quando foi levado para o hospital.

O chefe de relações públicas do hospital, Kim Han Soo, declarou: "Ele chegou no dia 06 de junho às 12:34 PM KST. Ele foi levado por 3 pessoas. Uma pessoa segurou a parte superior do seu corpo, enquanto outras duas seguraram a metade inferior". E acrescentou: "Nossa equipe de emergência o examinou e descobriu que o paciente estava em estado de sono profundo e semiconsciência. Os alunos foram contatados e ele diminuiu a reflexão corneana, que só mostrou uma reação ao forte estímulo. Ele sofria de insuficiência respiratória devido a baixos níveis de oxigênio e altos níveis de dióxido de carbono. Como ele estava em estado crítico, nós lhe damos atendimento médico de emergência necessários, e então ele foi levado para ter cuidados intensivos às 16h50 KST"

Os profissionais médicos do hospital confirmaram ainda que as questões respiratórias de T.O.P eram devido a uma overdose de tranquilizantes que haviam sido prescritos por atenção médica dos departamentos de neurologia e saúde mental. Depois que sua condição melhorar, ele receberá tratamento de profissionais de saúde mental. 

O professor de neurologia Kim Yong Jae declarou que T.O.P deveria abrir os olhos quando recebesse um estímulo forte o suficiente, mas ele não conseguiu se concentrar. Embora possa haver problemas de respiração ou danos cerebrais, o professor afirmou que este não era o caso do rapper. Lee Deok Hee, do departamento de emergência, também afirmou: "Não podemos determinar a quantidade específica de medicamentos que o paciente tomou", acrescentando que o tempo de recuperação seria difícil de ser calculado, embora tomando partido pela idade de T.O.P, eles esperam que ele se recupere em uma semana.

Fiquem atentos para mais atualizações sobre a condição do T.O.P.


Tradução e edição: Letícia
Fonte: (1)