Líder do Topp Dogg, P-Goon, usa as redes sociais para pedir justiça à seu antigo produtor Cho PD


Em 14 de Dezembro, P-Goon do Topp Dogg usou de seu Twitter para deixar uma publicação bem séria sobre o antigo CEO e produtor da Hunus Entertainment, Cho PD.

A Hunus Entertainment, que se chamava Stardom Entertainment ou Brand New Stardom, foi criada originalmente como uma agência de hip-hop pelos rappers Rhymer e Cho PD, antes de Rhymer a deixar em 2011 e Cho PD ter tomado o lugar de CEO. Em 2015, a agência se fundiu com a Hunus Entertainment, devido à sua instabilidade financeira.

P-Goon escreveu em seu Twitter:

Olá. Aqui quem fala é o líder do Topp Dogg, P-Goon.
Gostaria de exigir uma explicação honesta de nosso antigo CEO e produtor, Cho PD-nim sobre as 8 atuações da tour japonesa do Topp Dogg que foi realizada em conjunto com a Timo Music, e os 300.000.000 KRW (~ R$854.557,75) que nunca foram colocados no extrato bancário e são negligenciados até hoje.
Depois de ter visto o extrato bancário das atividades e promoções do Topp Dogg nos últimos 3 anos, chegamos à conclusão que as receitas obtidas da tour japonesa nunca foram incluídas no extrato, apesar das 8 atuações terem sido terminadas com sucesso.
Atualmente, Cho PD-nim está no meio de um processo com a Hunus Entertainment, a casa do Topp Dogg, devido aos problemas com saldos de contas passadas; ele não faz mais parte da Hunus Entertainment.
Exigimos uma explicação honesta do Cho PD-nim.

O Topp Dogg, que debutou em 2013 como o "grupo idol criado por Cho PD", começou com 13 membros, mas se tornou agora um grupo de 9 depois de 3 terem saído e o membro Jenissi ter parado todas as suas promoções depois de uma controvérsia nas redes sociais.

Fiquem ligados para novidades.


Tradução: André
Edição: Letícia
Fonte: (1)