Coreia do Sul declara guerra ao açúcar


Nessa quinta-feira, a Coreia do Sul lançou um conjunto de medidas para reduzir o consumo de açúcar dos seus cidadãos, depois de um estudo recente do governo que revelou que quase metade dos jovens coreanos com idades entre 3 e 29 anos comem muito açúcar, deixando os jovens mais vulneráveis a uma série de condições de saúde, incluindo a obesidade e o diabetes.

Um funcionário do Ministério envolvido na pesquisa disse que:

"Nosso objetivo é certificar que o consumo de açúcar de cada cidadão só vá até 10% da sua ingestão diária de calorias."

"Por exemplo, se a ingestão calórica diária de um indivíduo é de 2.000 calorias, ele ou ela deve consumir apenas 200 calorias de açúcar - que é mais ou menos 16 cubos de açúcar."

As medidas incluem exigir que todos os produtores locais compartilhem abertamente os níveis de açúcar dos seus produtos. Restaurantes e escolas também serão banidas de proporcionares alimentos com níveis elevados de açúcar, tais como bebidas e café.

O anuncio das medidas foi feito apenas um dia depois que a Organização Mundial da Saúde revelou que o número de pacientes com diabetes em todo o mundo quase quadruplicou, de 108 milhões em 1980 para 422 milhões em 2014. O relatório da OMS mostrou que os níveis de açúcar no sangue estão ligados a 3.7 milhões de mortes no mundo a cada ano, e advertiu que os números só irão aumentar, a menos que medidas drásticas sejam tomadas.

Um estudo realizado pelo Ministério mostrou que a partir de 2013, os coreanos com idade entre 3 e 29 anos estavam consumindo muito açúcar, com o açúcar sendo responsável por mais de 10% de sua ingestão calórica diária. A maior proporção dos coreanos pesquisados estavam consumindo açúcar por meio de bebidas carbonatadas, seguindo por aqueles que comiam bolos, biscoitos e bolos de arroz.

"Nossa pesquisa mostra que aqueles cujo consumo de açúcar de alimentos processados representam mais de 10% de sua ingestão calórica diária, tem uma chance 39% maior de desenvolver obesidade, e 66% maior chance de desenvolver pressão arterial elevada." - disse um funcionário do Ministério.

A Coreia do Sul tem notado um número crescente de pacientes com obesidade nos últimos anos. De acordo com o um estudo divulgado pelo Serviço Nacional de Seguro de Saúde, o número de coreanos obesos - com a massa corporal de 30 ou mais - representavam 4,2% do total da população em 2012, acima dos 2,5% de 2002. Quase 90% da população idosa do país - de 65 anos ou mais - sofre de pelo menos uma doença crônica, incluindo diabetes, desde o ano passado.

Fonte: (1)
Coreia do Sul declara guerra ao açúcar Coreia do Sul declara guerra ao açúcar Reviewed by Lázaro Daniel Debus Hoffmeister on 14:38:00 Rating: 5

Nenhum comentário